Buscar
  • Fernanda Durão

Goretti Queiroz faz discurso de despedida emocionado em sessão remota

Nessa segunda-feira (21), a vereadora Goretti Queiroz (PSB) fez o seu discurso de despedida em sessão remota pelo site da Câmara Municipal do Recife. A parlamentar lembrou de todo o trabalho realizado nesses dois anos de mandato como vereadora do Recife e agradeceu aos servidores da casa e a toda a equipe técnica que a ajudaram nesse período.


Confira o discurso completo:


Bom dia a todos e a todas! Bom dia aos meus pares, bom dia a toda a imprensa que acompanha essa sessão plenária. Bom dia Recife!


Hoje, encerra-se mais uma etapa da minha vida. O de vereadora da cidade do Recife. Quanta honra.

Quantos aprendizados eu tive, quantas lições eu aprendi como parlamentar. A maior delas foi saber que não podia fazer tudo o que eu gostaria, mas que com força de vontade e trabalho poderia fazer muito pelas causas que defendo. E assim o fiz! Nesses quase dois anos de mandato tive a difícil missão de salvar a vida de muitos animais, e esterilizar milhares de cães e gatos para evitar a superpopulação de animais nas ruas do Recife.


Isso chama-se atenção à saúde pública. Consegui ajudar milhares de animais famintos a terem o que comer, ajudei centenas de protetores que precisavam do meu apoio e da minha garra à frente da causa animal. Fui autora do projeto "barriguinha cheia" que levou sobras das panelas do Restaurante Popular do Recife para centenas de animais, durante o lock down da pandemia.


Além disso, deixo minha marca na historia politica da cidade com 13 leis sancionadas em um período tão curto de tempo. Foram 13 leis em apenas 1 ano e nove meses de mandato. Leis que envolvem a causa animal, minha principal bandeira de mandato, o meio ambiente e a saúde publica.


Como vereadora, pude enxergar de perto a dor e a necessidade do povo, pude ver o quanto é dolorosa e complicada a vida dos animais abandonados. Vivenciei casos que jamais imaginei, nesses meus 12 anos de ativismo.


No início deste ano, resgatei 30 cães de uma casa abandonada na Rua Velha, centro do Recife. A casa dos horrores. Animais magros, famintos, sarnentos, sem pelos e sem o mínimo de dignidade.Todos foram levados para clínicas veterinárias particulares, tratados e, hoje, já recuperados, estão para adoção.


Além disso, criei programas como o "Meu bairro é o bicho" que durante todo o ano passado levou atendimento veterinário e humano para alguns bairros da cidade, proporcionamos atendimento veterinário e aplicação de vacinas nos animais, além de corte de cabelo, aferição de pressão e medição de glicose para a população.


Pude trazer com muita articulação um grupo de 13 veterinários americanos , da ong Word Vets, financiada pelo instituto francês,Brigitte Bardot, para atender aos cavalos vítimas de maus tratos da cidade. Recebemos mais de 200 animais de grande porte na praça do Cordeiro. Esses animais foram tratados e vacinados e os carroceiros receberam orientação sobre os cuidados com a saúde dos animais e alertados sobre o crime de maus tratos frequentemente observados devido a exposição ao sol e ao peso excessivo que carregam.


Deixei a minha marca na cidade, também, com a criação da lei Mayara, em homenagem à jovem que morreu após sofrer um ataque de ácido do seu ex-companheiro, no ano passado. O caso ganhou repercussão nacional e nos trouxe para o centro da discussão sobre a violência doméstica no Brasil.


Outra lei importante que conseguimos sancionar foi a que proíbe o contrato de empresas de aluguel cães de guarda em órgãos da administração pública municipal.


Não posso deixar de citar, ainda, outra conquista muito importante do mandato foi a realização da festa de réveillon da prefeitura,do ano passado, com fogos de artificio,sem estampido. Uma conquista inédita que beneficiou os animais, os enfermos, crianças, autistas, e idosos que sofrem com o barulho dos fogos.


Agradeço, mais uma vez, ao prefeito Geraldo Júlio pela sensibilidade ao anunciar que no réveillon, deste ano, também não teremos a presença de fogos de artifício, que serão substituídos por um show de luzes projetadas em vários pontos da capital pernambucana.


Fiz algumas viagens para palestras em Brasília, São Paulo e Sergipe, levando minha experiência parlamentar como ativista animal e recebi o título de melhor vereadora do Brasil, da causa animal, pela CBPDA em Brasília.


Como jornalista profissional pude homenagear e valorizar a minha classe. A lei 18.607/2019, denominou Graça Araújo a ciclovia da avenida Mário Melo. Também promovemos a lei 18.718/2020, que institui no calendário do município o Dia do Profissional de Imprensa Esportiva.


Infelizmente não consegui a reeleição para prosseguir com a minha luta, mas aprendi uma das maiores lições da minha vida: a de ser verdadeira e a ter princípios custe o que custar.


Fiz um mandato limpo, honesto, transparente e com respeito ao povo recifense. Um mandato com prestação de contas mês a mês, com compromissos assumidos e cumpridos e mais do que isso, um mandato de portas abertas, um mandato coletivo animal.


Deixo o cargo de vereadora com o sentimento de gratidão e consciência tranquila. Tive 5.577 votos de confiança, votos limpos, mas que não me reconduziram de volta à esta casa.


Desejo sorte a todos os pares eleitos e aos reeleitos, a quem homenageio em nome do vereador Eduardo Marques, presidente desta casa.


Minha luta irá continuar só que agora do outro lado. Agradeço à toda minha equipe. Vocês são o bicho. Agradeço à equipe técnica desta casa, diretores, funcionários, servidores, guarda municipal, enfim. À toda Câmara Municipal do Recife


Obrigada e até breve!!!



7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo