Buscar
  • Fernanda Durão

Cavalo baleado com três tiros no Recife



A violência urbana não atinge somente os humanos, os animais são vítimas constantes dos atos criminosos contra eles. Seja através de maus-tratos ou ações involuntárias, mas que causam dor e morte. O mais recente episódio de violência contra animal ocorreu no final de Abril quando um cavalo foi baleado durante tiroteio em uma rua na Zona Norte do Recife.

O animal levou três tiros e o tutor também foi atingido e socorrido para uma UPA. Atendido e fora de perigo o homem teve alta, contudo o cavalo ficou vagando por dois dias pelas ruas com os ferimentos. Moradores se empenharam em localizar e pedir ajuda para salvar o animal.

A ativista da causa animal, Goretti Queiroz, entrou no caso e conseguiu ajuda junto ao hospital Veterinário da Universidade Federal Rural de Pernambuco que fez a cirurgia para a retirada das balas. A ativista também conseguiu apoio do Centro de Vigilância Sanitária do Recife para fazer os primeiros atendimentos e levar o cavalo para o hospital escola da UFRPE.

Em recuperação o animal já consegue caminhar pelos campus do hospital.




A violência urbana não atinge somente os humanos, os animais são vítimas constantes dos atos criminosos contra eles. Seja através de maus-tratos ou ações involuntárias, mas que causam dor e morte. O mais recente episódio de violência contra animal ocorreu no final de Abril quando um cavalo foi baleado durante tiroteio em uma rua na Zona Norte do Recife.

O animal levou três tiros e o tutor também foi atingido e socorrido para uma UPA. Atendido e fora de perigo o homem teve alta, contudo o cavalo ficou vagando por dois dias pelas ruas com os ferimentos. Moradores se empenharam em localizar e pedir ajuda para salvar o animal.

A ativista da causa animal, Goretti Queiroz, entrou no caso e conseguiu ajuda junto ao hospital Veterinário da Universidade Federal Rural de Pernambuco que fez a cirurgia para a retirada das balas. A ativista também conseguiu apoio do Centro de Vigilância Sanitária do Recife para fazer os primeiros atendimentos e levar o cavalo para o hospital escola da UFRPE.

Em recuperação o animal já consegue caminhar pelos campus do hospital.





2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo